Segunda-feira atípica


Seria uma segunda-feira normal se o M não estivesse doentinho e tivesse ido à escola e eu não andasse de termómetro na mão para controlar a sua temperatura. 

Começou ontem com queixas, a chorar e a dizer que lhe doía a boca e a bola que estava lá dentro (com esta descrição deduzimos que fosse a garganta). Verificámos que já estava a fazer febre e como entretanto não acalmou (aliás, o choro intensificou-se), lá fomos nós com ele ao hospital. A garganta estava um pouco vermelha, mas nada de alarmante, e tudo o resto também parecia bem. A febre não era alta, por isso, só nos restava continuar a vigiar... 

Se calhar fomos precipitados, mas tendo em conta o choro intenso e a apatia dele (que mesmo doente costuma ser bastante enérgico; da última vez, com uma virose, parecia que estava a fazer a maratona  pela sala de espera do hospital), achámos melhor que fosse visto. 

Hoje não estava nada melhor e resolvi ir à médica dele. Diagnóstico: infeção na garganta. Pergunto-me como é que ontem à noite não tinha nada e hoje já estava desta forma... Bom, se calhar é assim mesmo... Agora também não interessa. O importante é que melhore depressa. Prefiro mil vezes ouvi-lo a fazer barulho do que esteja assim "murchinho"...

Só um aparte e em jeito de desabafo, é certo que ando cansada de médicos, este ano tem sido um fartote de consultas, urgências, medicamentos, mas enquanto for assim, com coisas pouco graves, já não é nada mau... Há que ver o lado positivo de tudo, não é verdade?

Espero que dias mais normais regressem rapidamente ao nosso lar...

6 comentários:

  1. Os miúdos são mesmo assim: uma hora estão muito bem e cinco minutos depois estão de rastos. Aí até aos 5 anos de cada uma das minhas filhas, passei o Inverno sempre no pediatra.

    ResponderEliminar
  2. Uma pessoa nota logo quando eles estão doentes. As melhoras do teu pequeno.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. As melhoras rápidas para ele! :D
    Temos sempre que ver o lado positivo das coisas, se é para ir ao médico que sejam coisas pouco graves sem dúvida.

    ResponderEliminar
  4. As rápidas melhoras! Espero que tudo passe rápido!
    https://jusajublog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Maria do Mundo: por acaso, o M não fica muito doente. Lá de vez em quando surgem coisas assim... Até tem sido resistente, mas agora com a escola, lá vão vir uns vírus de em quando...

    ***

    Sonhadora: é verdade... Obrigada!

    ***

    Emma: obrigada :)

    ***

    J*: obrigada!

    ***

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. O meu filho esteve doente, no principio deste mês, exactamente com os mesmos sintomas do teu. Dizia que a boca tinha "picos" quando bebia água ou comia alguma coisa. Fui ao Hospital S. João, duas vezes, mandaram-me ao otorrinolaringologista e fazer 2 raio-x. não descobriam nada, diziam que na garganta não viam nada ("como é possível, se ele se queixa tanto?" não souberam responder) e tinha os brônquios um bocadinho congestionados. Esteve cerca de 6 dias com febre baixa (cerca de 38º, via axilar) sempre a tomar benouron e brufen intercalado. Por fim, eu já cansada e passada, deram-lhe antibiótico e melhorou. Desde aí, anda com uma tosse chata que não o abandona.
    As melhoras para o teu pequenino. Custa muito vê-los doentes! É uma diferença de comportamento enorme!

    ResponderEliminar

Hi there!

*Leave joy, take joy.* ;)