Escolhia o mesmo

Se estivesse para casar, voltava a escolher o mesmo vestido de há 8 anos atrás. Não mudava nada. É a minha cara e adoro-o de paixão! 




É lindo, não é? 
Claro que eu sou muito suspeita a falar... 

Mais sobre mim


Eu já... Tive muitos blogues! Estive a contar e, se não estiver enganada, este é o sexto. 

O primeiro foi o que durou mais tempo e era o mais conhecido - mas estava longe de ser um blogue famoso. Nele escrevi sobre uma fase muito especial da minha vida, o meu casamento, e terminou porque não aguentei a pressão de estar a ser "stalkeada". Foi a primeira vez, e única até agora, que tive um problema sério com a internet. Mas não me vou alongar sobre o assunto, até porque é passado e não quero recordar essa fase. Esse blogue é o meu queridinho, conheci gente muito boa onda através dele e tenho saudades desses dias com muitos sorrisos. Depois o mundo dos blogues começou a mudar, eu tornei-me uma espécie de saltimbanco (já explico) e perdi alguns contactos, com muita pena minha. 

O bichinho da escrita permaneceu e penso que nunca deixei de ter vontade de ter um blogue. Comecei tudo do zero mas havia o receio de voltar a ser encontrada pelo stalker... Não queria voltar a passar por todo aquele terror... E por causa disso fui criando blogue atrás de blogue... Até que perdi o medo de voltar a ser perseguida, afinal não era eu que estava errada e não tinha porque me esconder, e cheguei até aqui, ao Colibri. Muita coisa aconteceu pelo meio, coisas boas e más, e apesar de só este blogue estar no ar, tenho todos os outros guardados, como se de diários valiosos se tratassem. Às vezes volto a reler alguns textos... Tem registos muito importantes, como a minha lua de mel, a minha gravidez, o nascimento do M, entre muitas outras fases da minha vida. Quem sabe não recorde aqui alguns desses registos? 

Pretendo continuar a escrever. Enquanto que me der gosto ter um blogue e partilhar um terço de mim, continuarei. Não pretendo voltar a mudar de casa, nem esconder-me, aliás o objetivo é precisamente o contrário. Claro que não sei o que o futuro me reserva, mas por agora, é o que quero. Gosto muito disto, é o meu escape, a minha fuga de um trabalho um pouco solitário, o meu momento de meditação. E espero ter companhia... ;)

♫ Cá por casa toca... ♫

Os últimos dias têm sido acompanhados de muita música. 
No fim de semana tocou esta em modo repeat. 
Adoro! 
E está sempre atual. 


We'll do it all
Everything
On our own
We don't need
Anything
Or anyone

If I lay here
If I just lay here
Would you lie with me and just forget the world?


♫ ♪ ♥ ♫ ♪



You’re my always
You’re my forever
You’re my reality
You’re my sunshine
You’re my best times
You’re my anomaly


And I’d choose you
 In a hundred lifetimes I’d choose you
 In a hundred worlds I’d find You...


And I’d say, “I do”
For the rest of my life, with all that I have, I do
And I will
When the sky is falling, I promise you I’m all in,
No turning back.
Every day, every moment, Every breath you take...I choose you.


(...)